1.

sonhos,

projetos,

trajetórias

incinerados.

.

 não é (do) direito,

é?

 

2.

esse

que oprime,

que tolhe,

que caça

e cassa.

 .

esse

que dissimula

e inventa

verdades.

.

esse

que produz

e fortalece

mentiras.

.

esse

que tiraniza

o direito que

alguém pensou

conquistado.

.

esse direito

destro-sinistro.

(GRITO!)

 

3.

direito

tão torto

nunca se viu um

como o da terra

de todas as castas

em convivência

democrática e pacífica.

.

o sociólogo o disse,

mas não rias, pois

o pobre do homem

de tão rico

nunca saiu da casa-grande

e sempre nos quis na senzala.

.

o homem foi capaz

de falar e construir teorias,

de prender-nos em laudas

que nos eram proibidas,

de fingir uma tal

de democracia das raças.

 

4.

crês nisto

de democracia?

eu nunca.

 .

e nisto

de governo

do povo?

.

não existe este

vocábulo

no dicionário?

.

será

de uma língua

morta?

.

será

de uma mão

que mata

a democracia

e algumas raças.

 

5.

CUIDADO!

.

praticantes de um direito

destro e sinistro

ameaçam-nos.

.

eles

golpearam-nos

a esperança de treze anos,

agora condenada

a decênios de quarentena,

a outros séculos de sofrimento.

 

Anúncios

10 pensamentos sobre “direito destro (e) sinistro

    1. Também tenho disto. 😀
      Agora, quanto ao título, ponderei e resolvi deixá-lo como de início. Foi interessante assumir a minha necessidade de gritar, mas como será que outro/a leitor/a poderá recebê-lo? Um simples desabafo, um pranto, um alerta ou um grito rebelde e guerreiro contra os opressores? Conjecturando… 😀

      Liked by 1 person

  1. Cássio, primeiro fiquei na dúvida se no 4, não seria “crês” ou “querias”? Parece “crês”… Ou é mesmo crias, de criar? Pergunto porque a ser diferente muda o sentido. Não leves a mal.

    Se me pedissem para arranjar um título alternativo para este texto e que tivesse apenas uma palavra, chamar-lhe-ia ‘grito’.

    “Direito tão torto nunca se viu…” – Verdade e é muito mau que tenhamos que dizer isto em países com regimes designados de democráticos.

    Liked by 1 person

    1. Isabel, desculpa-me a demora em responder. Penso em rever o título a fim de inserir a tua sugestão. “GRITO contra o direito destro-sinistro”, quiçá, é uma melhor opção, pois assumo que, quando escrevia, canaliza a necessidade de liberar um grito há dias encarcerado.

      Quanto ao verbo, de facto, é o ver ‘crer’. Inicialmente, usei o verbo ‘acreditar’ no pretérito perfeito, mas, depois, resolvi trocar por ‘crer’. E, agora, não recordo o porquê de pô-lo no imperfeito. Agora, já retorno lá e analiso qual deles atende melhor o propósito do meu ‘grito’.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s