Jangada à ribeira

 

 

Quando a jangada está na fresca ribeira, há quem acredite que se encontre despreocupada e contente com a vida, mas é bem possível que esteja ansiosa, à espera de um braço forte para guiá-la.

Anúncios

4 Comments Add yours

  1. atirar uma jangada como quem atira um pneu ao rio
    parece-me bem

    Liked by 1 person

    1. e ver as ondulações que produz.

      Gostar

  2. Cássio, que bom estares de volta… E com as tuas fotos-bolacha! (Acho que no meu não dá para fazer isto.)
    Muitas vezes a ansiedade não é percepcionada pelos outros…

    Liked by 1 person

    1. Obrigado, Isabel. Sim, tenho ficado um pouco distante. Meio que na correria, passo para ler o teu blogue e de outros queridos. Por estes dias, estarei a organizar-me para interagir melhor. Fico contente que tenhas vindo aqui para provar das bolachas. 😀

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s